quinta-feira, 9 de março de 2017




A cidade de Bragança está localizada em uma região formada por mares, rios, igarapés, campos e colônias que acentuam a beleza desse lugar e demonstra o quanto o estado do Pará é rico em recursos naturais, ao mesmo tempo em que dispõe de um espaço geográfico diversificado e cheio de peculiaridades. A muitos desses lugares o acesso é realizado por meio de barcos, canoas ou de ônibus, com data e horário fixos para transportar as pessoas, pois nem sempre é possível se deslocar até à cidade a hora que se deseja.

É nesse contexto que está inserido o Sistema Educativo Radiofônico de Bragança (SERB), uma escola radiofônica, de modalidade semipresencial que foi construída inicialmente para oferecer educação formal e evangelizar os jovens e adultos que não tinham acesso à escola e não sabiam ler nem escrever. Sua implantação foi resultado da parceria entre de Dom Eliseu Maria Corolli e o MEB (Movimento de Educação de Base).
Essa é uma escola pública do estado do Pará em que o ensino ocorre na modalidade semipresencial, pois há aulas diárias via-rádio e tutoria aos alunos em horário contrário aos das aulas pelo rádio na própria escola. Já faz parte da educação bragantina há mais de cinquenta anos e atende, também, alunos das cidades vizinhas e das comunidades aonde chega a frequência da Rádio Educadora de Bragança. O ensino via rádio é um desafio diário para os docentes transformarem a voz em imagem construtora de sentido, pois em cada disciplina, há diferentes níveis de dificuldades que procuram ser sanadas diariamente.
Na disciplina de Artes, tenho buscado minimizar a distância entre os alunos e a escola (SERB) por meio de jogos teatrais sugeridos por Viola Spolin, na obra "Os jogos teatrais em sala de aula" e atos performativos defendidos por Austin, 1990, na obra "Quando dizer é fazer". Está sendo um grande desafio construir propostas didáticas para o ensino via-rádio na área de Artes, mas essa experiência tem proporcionado aos alunos e a mim muita criatividade e produtividade. Trata-se de uma pesquisa em andamento que conta com o apoio de todos, em especial da professora Milena Felipe que sempre tem acompanhado e colaborado para a realização dessa pesquisa. Desde já, obrigada a todos os alunos, gestão e demais membros da comunidade escolar do SERB.
Professora Luciane Araújo
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário